sexta-feira, 15 de maio de 2009

15 de Maio - Dia do Assistente Social


Hoje é dia de dar os parabéns aos milhares de colegas de profissão espalhados pelo país, e também àqueles que ainda estão na graduação e em breve se tornarão Assistentes Sociais!

Um pouco da profissão:

A intervenção profissional – no âmbito de políticas sócio-assistenciais, na esfera pública ou privada – leva em consideração relações de classe, gênero, etnia, aspirações sociais, políticas, religiosas, culturais, além de componentes de ordem afetiva e emocional. Desenvolve atividades na abordagem direta da população que procura as instituições e o trabalho do profissional (entrevistas, atendimento de plantão social, visita domiciliar, orientações, encaminhamentos, reuniões, trabalho com indivíduos, famílias, grupos, comunidades, ações de educação e organização popular etc), como atua na pesquisa, administração, planejamento, supervisão, consultoria e gestão de políticas, programas e projetos na área social

Alguns princípios fundamentais da Ética Profissional:

Reconhecimento da liberdade como valor ético central e das demandas políticas a ela inerentes;

Defesa intransigente dos direitos humanos e recusa do arbítrio e do autoritarismo;

Ampliação e consolidação da cidadania, considerada tarefa primordial de toda sociedade, com vistas à garantia de direitos civis, sociais e políticos das classes trabalhadoras;

Defesa do aprofundamento da democracia, enquanto socialização da participação política e da riqueza socialmente produzida;

Posicionamento em favor da eqüidade e justiça social, que assegure universalidade de acesso aos bens e serviços relativos aos programas e políticas sociais, bem como sua gestão democrática;

Empenho na eliminação de todas as formas de preconceito, incentivando o respeito à diversidade, à participação de grupos socialmente discriminados e à discussão das diferenças;

Opção por um projeto profissional vinculado ao processo de construção de uma nova ordem societária, sem dominação exploração de classe, etnia e gênero;

Articulação com os movimentos de outras categorias profissionais que partilhem dos princípios deste Código e com a luta geral dos trabalhadores;

Compromisso com a qualidade dos serviços prestados à população e com o aprimoramento intelectual, na perspectiva da competência profissional;

Exercício do Serviço Social sem ser discriminado, nem discriminar, por questões de inserção de classe social, gênero, etnia, religião, nacionalidade, opção sexual, idade e condição física.

Parabéns a todos nós profissionais que dedicamos nossa força de trabalho a enfrentar as mazelas causadas pela concentração de riqueza, pela falta de emprego, falta de reforma agrária, pelo acesso negado à educação e saúde públicas de qualidade. Esses problemas se materializam no dia-a-dia na miséria, violência, na população de rua, nas crianças abandonadas, na infância perdida, na violência contra a mulher. Ou como dizem os Assistentes Sociais essas são as multiplas determinações e expressões da Questão Social (nosso objeto de trabalho)!

Parabéns a tod@s Assistentes Sociais! Continuaremos a seguir a profissão por este caminho!

http://www.youtube.com/watch?v=kqzCJNaDEmw



video

Nenhum comentário:

Postar um comentário